Dr. Rodrigo Peres
Dr. Rodrigo Peres
Fisioterapeuta Coordenador da Central da Fisioterapia
Crefito: 3/50650-F
Conheça a Central da Fisioterapia
Fisioterapeuta Tratamentos Dicas Na Mídia Fale com o Dr. Rodrigo layout separação

Os mitos sobre parar de fumar

 

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de cinco milhões de indivíduos falecem por ano em decorrência de patologias ligadas ao tabagismo. No Brasil, 200 mil mortes ao ano são por consequência do consumo de cigarros. Devido á esses fatores, as pessoas estão começando a adotar um novo estilo de vida, e parar de fumar é um deles.

Alguns indivíduos optam pelo consumo de cigarros com sabor ou light, por eles terem menos concentração de nicotina. Grande parte acaba consumindo-os em maior quantidade para poder suprir o vício, mas o que poucos sabem é que todo tipo de cigarro faz mal a saúde.

Além disso, nem todas as pessoas engordam quando decidem parar de fumar. O que acontece é que os cinco sentidos (visão, audição, paladar, tato e olfato) ficam mais perspicazes, o que acaba deixando os ex-fumantes sentirem mais os cheiros e sabores dos alimentos.

Parte da população acredita que o pulmão volta ao normal quando para de fumar, mas esse órgão não é capaz de se regenerar. Acontece que as defesas do pulmão começam a agir no organismo, fazendo com que o ex-fumante tussa mais do que o normal, isso porque o corpo quer limpar toda a "sujeira" que tinha.

Outro destaque é que o cigarro não é fácil de largar sozinho, pois a nicotina aumenta o poder de concentração. Quando tragado, essa substância faz com que o cérebro solte serotonina (elemento que dá sensação de prazer momentânea). Por isso, é aconselhável que o paciente busque outras formas de liberar a serotonina, como, por exemplo, a prática de esportes.

Quando o individuo escolhe parar de fumar, ele deve procurar ajuda profissional com o clínico geral, pneumologista e cardiologista a fim de estabelecer uma série de estratégias para deixar de lado o tabaco. Sessões de fisioterapia respiratória também são indicadas, pois o profissional aplica a reeducação respiratória, com o objetivo de fazer uma reexpansão pulmonar e o aumento de troca de gases, melhorando o condicionamento físico.

O paciente também pode optar por centros de apoio e terapia com psicólogos e psiquiatras, já que o consumo do cigarro causa tanto dependência química quanto psíquica. Largar esse vício significa recuperar alguns anos perdidos, principalmente na melhoria de qualidade de vida.

 

Obrigado pela leitura!

Dr. Rodrigo Peres

Vídeos
Vídeos
Fotos
Fotos
Logo Central da Fisioterapia layout Home Tratamentos Dicas Na Mídia Vídeos Fotos Fale com o Dr. Rodrigo Desenvolvido por
Evernet - www.evernet.com.br