Dr. Rodrigo Peres
Dr. Rodrigo Peres
Fisioterapeuta Coordenador da Central da Fisioterapia
Crefito: 3/50650-F
Conheça a Central da Fisioterapia
Fisioterapeuta Tratamentos Dicas Na Mídia Fale com o Dr. Rodrigo layout separação

Fisioterapia na Recuperação pós AVC

Popularmente conhecido como "derrame" ou simplesmente por sua sigla AVC, o Acidente Vascular Cerebral ocorre em função de entupimento ou rompimento dos vasos que levam o sangue até o cérebro; causando paralisia da parte do cérebro que ficou sem circulação sanguínea.

O Acidente Vascular Cerebral está classificado em dois tipos:

AVC Isquêmico - é o entupimento dos vasos que levam o sangue ao cérebro (responsável por até 85% dos casos);

e o AVC Hemorrágico - ocorrido quando há rompimento destes vasos, provocando sangramento no cérebro.

 

É muito importante você, caro paciente, estar atento aos sintomas que são variáveis:

  • Alterações motoras evidentes - perda da força ou movimento da face (boca entorta), do braço ou perna em apenas um lado do corpo;
  • Diminuição ou perda da visão em um ou nos dois olhos;
  • Alteração da sensibilidade: sensação de formigamento na face, braço ou perna em apenas um lado do corpo;
  • Dores de cabeça súbitas, entre outros sintomas.

 

Além dos sintomas, algumas questões são fatores de risco que podem levar a um AVC:

  • Tabaco;
  • Diabetes;
  • Hipertensão;
  • Colesterol alto;
  • Obesidade;
  • Idade Avançada.

 O tratamento para reabilitação da vítima de AVC depende principalmente das particularidades que envolvem o caso. Independente da causa, as sequelas se instalam rapidamente em prejuízo à capacidade física e emocional do paciente.

A fisioterapia auxilia após AVC, ajudando o paciente à retornar gradualmente às suas atividades. Com um programa de planejamento realizado pelo fisioterapeuta, é possível confirmar se a posição do corpo está correta e caso não esteja, trabalha a partir daí na correção a fim de impedir a atrofia dos músculos e articulações.

Além disso, a fisioterapia irá trabalhar para que o paciente recupere o maior equilíbrio e movimento possível, iniciando o tratamento com pequenos movimentos sendo aumentados aos poucos, conforme o paciente reage com mais força e equilíbrio; objetivando assim, o trabalho conjunto de todo o corpo.

 

Obrigado pela leitura!

Dr. Rodrigo Peres

Vídeos
Vídeos
Fotos
Fotos
Logo Central da Fisioterapia layout Home Tratamentos Dicas Na Mídia Vídeos Fotos Fale com o Dr. Rodrigo Desenvolvido por
Evernet - www.evernet.com.br