Dr. Rodrigo Peres
Dr. Rodrigo Peres
Fisioterapeuta Coordenador da Central da Fisioterapia
Crefito: 3/50650-F
Conheça a Central da Fisioterapia
Fisioterapeuta Tratamentos Dicas Na Mídia Fale com o Dr. Rodrigo layout separação

As dores no ciclismo

Grande parte dos ciclistas sentem dores ao pedalar, mas não precisa ser um para sentir dores enquanto anda de bicicleta. Em maioria, essas dores são decorrentes a um ajuste errado de sua bicicleta em função do seu corpo. Além disso, antes de começar qualquer atividade física é importante realizar um alongamento.

A dor lombar ocorre em cerca de 80% dos ciclistas, e está relacionada à ausência de força dos músculos posturais somada a um guidão baixo demais. Se o indivíduo não possui uma boa flexibilidade, é aconselhável subir a altura do guidão.

Já o desconforto no pescoço deve-se ao guidão mal posicionado, a distância do guidão muito longa ou ele posicionado muito baixo acaba levando uma descarga de peso muito grande nos braços, nos ombros e uma flexão exagerada no pescoço, causando dores e desconfortos. O ideal é alterar a posição do seu guidão e procurar uma bicicleta fit, já que em longo prazo é capaz de desenvolver lesões crônicas na coluna, pescoço e ombro.

Dormência nas mãos ou dores nos punhos, geralmente estão associados à má distribuição de peso do ciclista sobre a bicicleta, o que pode sobrecarregar as mãos. Muita extensão ou flexão dos punhos podem gerar dores, por isso, é aconselhável que sua mão esteja alinhada ao antebraço, para evitar que as lesões se instalem.

Outra área que ocorre dormência entre os ciclistas são os pés. Isso acontece por causa da sapatilha apertada demais ou ao mau posicionamento do taco do pedal. Por isso, é importante escolher bem a sua bicicleta, já que para os iniciantes os desconfortos ao sentar são os principais casos de dores. Para evitar esse tipo de problema o ideal é escolher uma bicicleta de acordo com o seu corpo.

Para uma boa pedalada é preciso manter os cotovelos levemente flexionados, pois os cotovelos estendidos só te atrapalham no controle de sua bicicleta. Os ombros tem que se manterem relaxados e na posição correta, pois muitos ciclistas tem o costume de elevar os ombros à altura da orelha, e isso causa as dores tanto nos ombros quanto no pescoço, além de diminuir sua potência durante a pedalada.

Para os ciclistas que apresentam dores que demoram demais para desaparecer, o indicado é procurar em especialista.

 

Obrigado pela leitura!

Dr. Rodrigo Peres

 

Vídeos
Vídeos
Fotos
Fotos
Logo Central da Fisioterapia layout Home Tratamentos Dicas Na Mídia Vídeos Fotos Fale com o Dr. Rodrigo Desenvolvido por
Evernet - www.evernet.com.br