Dr. Rodrigo Peres
Dr. Rodrigo Peres
Fisioterapeuta Coordenador da Central da Fisioterapia
Crefito: 3/50650-F
Conheça a Central da Fisioterapia
Fisioterapeuta Tratamentos Dicas Na Mídia Fale com o Dr. Rodrigo layout separação

Dicas de Fisioterapia para pacientes com Síndrome Pós-Poliomielite

A Organização das Nações Unidas definiu a data de 24 de outubro como dia Mundial da Polio. A Poliomielite é um vírus que pode ou não incapacitar o paciente neurologicamente e/ou fisicamente. Seu contágio ocorre por meio de contato direto entre o infectado e o não-infectado. A Fisioterapia, nos casos de pacientes com Síndrome Pós-Poliomielite (SPP), atua com a finalidade de reduzir as fraquezas musculares, dependendo – para isso – do quadro clínico do paciente.

A infecção do vírus ocorre por meio das vias respiratórias. Outras formas de transmissão podem ser por meio de contato com fezes e vômitos. Após a fase inicial, fica por um período na região intestinal se desenvolvendo e se multiplicando. Quando em fase avançada, os pontos do organismo mais afetados são o bulbo, cerebelo, cérebro, medula espinhal e outras regiões do sistema nervoso central.

A Fisioterapia atua com a finalidade de realizar exercícios simples e leves, em casos de pacientes com Síndromes Pós-Poliomielite, com fraqueza recente leve e moderada. O profissional elabora um programa de exercícios leves, em que são praticados através de intervalos curtos.

 

Fisioterapia para pacientes com Síndrome Pós-Poliomielite:

  • ·         Auxilie o paciente por meio de exercícios físicos em dias alternados;
  • ·         Evite que o paciente com poliomielite tenha desgastes em função das atividades físicas;
  • ·         Em casos do paciente apresentar fraquezas a nível de exaustão, procure um profissional da saúde.
Vídeos
Vídeos
Fotos
Fotos
Logo Central da Fisioterapia layout Home Tratamentos Dicas Na Mídia Vídeos Fotos Fale com o Dr. Rodrigo Desenvolvido por
Evernet - www.evernet.com.br