Dr. Rodrigo Peres
Dr. Rodrigo Peres
Fisioterapeuta Coordenador da Central da Fisioterapia
Crefito: 3/50650-F
Conheça a Central da Fisioterapia
Fisioterapeuta Tratamentos Dicas Na Mídia Fale com o Dr. Rodrigo layout separação

Dicas de como evitar infecção urinária

Metade das mulheres adultas já sofreu com infecção urinária. Esse problema atinge o sistema urinário feminino, especialmente a bexiga e a uretra. O causador do problema é uma bactéria que se instala no órgão genital da mulher. As portadores dessa bactéria sentem uma necessidade de utilizar de forma mais frequente o banheiro e quando urinam sentem dor ao fazê-lo.

A bactéria entra pela uretra. A forma de extrai-la é por meio da urina, mas nem sempre o sistema de defesa feminino consegue fazê-lo. Desse modo, o problema passa a se agravar, fazendo com que ele se multiplique na bexiga, segundo pesquisas científicas. Esses organismos estranhos atacam mais as mulheres cuja uretra é menor. Outro motivo para tal quadro é a vida sexualmente ativa, que também facilita a infecção.

Como há mais de um tipo de infecção urinária, os sintomas podem variar. Logo, existem situações em que mesmo infectada, a mulher pode não apresentar dores ou vontade constante de ir ao banheiro. Mesmo assim, é preciso ter em mente que se não for feito os devidos tratamentos, as complicações podem se agravar, passando a necessitar de intervenções maiores e períodos de recuperação longos. Os problemas mais comuns, por sua vez, são ardência forte ao urinar e forte necessidade de ir ao banheiro.

A forma de tratá-lo varia de acordo com o tipo de infecção urinária que o paciente apresenta. Dependendo do tipo de infecção, há maneiras de evitá-la. Com as dicas abaixo qualquer mulher poderá ter uma qualidade de vida maior, mas é preciso ter em mente que os exames periódicos não podem ser substituídos.

 

Dicas:

  • ·         Beba líquido, especialmente água, pois a diluição da urina possibilita que o agente estranho seja expelido;
  • ·         Evite o acúmulo de bactérias limpando-se após ir ao banheiro;
  • ·         Esvazie a bexiga após as relações sexuais;
  • ·         Os absorventes internos aumentam a probabilidade de se adquirir infecção. Portanto, use os externos;
  • ·         Evite a utilização de perfumes na região genital;
  • ·         Não utilize calças apertadas para que a região fique ventilada.
Vídeos
Vídeos
Fotos
Fotos
Logo Central da Fisioterapia layout Home Tratamentos Dicas Na Mídia Vídeos Fotos Fale com o Dr. Rodrigo Desenvolvido por
Evernet - www.evernet.com.br