Dr. Rodrigo Peres
Dr. Rodrigo Peres
Fisioterapeuta Coordenador da Central da Fisioterapia
Crefito: 3/50650-F
Conheça a Central da Fisioterapia
Fisioterapeuta Tratamentos Dicas Na Mídia Fale com o Dr. Rodrigo layout separação

Como evitar uma futura arteriosclerose

Popularmente conhecidas como placas, o endurecimento das artérias acometem de forma predominante pessoas que estão próximas de entrarem na terceira idade. Na área científica o endurecimento das artérias, ocasionadas pelas placas, são chamadas de arteriosclerose.

O problema se desenvolve de forma progressiva e silenciosa, ou seja, não são apresentados sintomas. Embora seja pouco conhecido pelas pessoas, é um distúrbio que afeta muitos indivíduos. Isso se dá, em especial, pelo estilo de vida da atualidade, que contribui para o seu aparecimento.

O enrijecimento das artérias é um processo demorado, sempre variando de pessoa para pessoa. Esse fenômeno ocorre em função do acúmulo de placas que vão se concentrando em uma determinada região da artéria. Consequentemente, o fluxo sanguíneo fica comprometido fazendo com que coágulos sejam criados. Além disso, outros problemas podem surgir, dependendo do quadro do paciente, tais como falta de sangue e oxigênio nos tecidos, podendo resultar na morte de tecidos.

Seu diagnóstico é frequentemente realizado em pessoas com idade avançada. Entretanto, altos níveis de colesterol possibilitam que qualquer um seja afetado por essa patologia que leva a um futuro derrame ou ataque cardíaco. Logo, os sintomas mais comuns são dores no peito, deficiência respiratória e outros. Além disso, outras áreas podem ser prejudicadas, como rins, pernas e cérebro.

Dependendo do estado clínico do indivíduo, a fisioterapia é aconselhável, visto que o tratamento da arteriosclerose pode ser realizado por meio de exercícios fisioterapêuticos. Por conseguinte, as atividades terão como objetivo a diminuição das placas que comprometem as artérias, diminuindo – assim – as chances de uma futura doença cardíaca.

Com as dicas que seguem abaixo, as chances de que uma futura arteriosclerose se desenvolva serão menores. No entanto, é indispensável que seja agendado uma consulta a fim de verificar o grau do problema. Segue dica para evitá-la:

  • Evite alimentos gordurosos, especialmente carne de porco, toucinho, banha de porco, pele de frango, entre outros que tenham alto teor de gordura animal;
  • Não fume e não consuma álcool de forma exagerada;
  • Mantenha uma alimentação balanceada;
  • Com idade igual ou superior a 40 anos, realize avaliações frequentes de pressão arterial;
  • Coma de forma regular frutas, verduras e legumes;
  • É recomendado que sejam realizados exames de dosagem do colesterol no sangue;
  • Adote a prática de exercícios físicos (consulte um fisioterapeuta) regulares.
Vídeos
Vídeos
Fotos
Fotos
Logo Central da Fisioterapia layout Home Tratamentos Dicas Na Mídia Vídeos Fotos Fale com o Dr. Rodrigo Desenvolvido por
Evernet - www.evernet.com.br